porsinal  
ArtigosCategoriasArtigos Científicos
Dilia Aparecida Martins
Dilia Aparecida Martins
Professora de Educao Especial
Trajetrias de formao e condies de trabalho do intrprete de Libras em Instituies de Educao Superior
0
Publicado em 2009
Dissertao (Mestrado em Educao) - Pontifcia Universidade Catlica de Campinas, Centro de Cincias Humanas e Sociais Aplicadas, Programa de Ps-graduao em Educao, Campinas
Dilia Aparecida Martins
  Artigo dispon�vel em vers�o PDF para utilizadores registados
Resumo

A presente dissertao tem como objetivo estudar as trajetrias de formao e as condies de trabalho do intrprete de Libras certificado pelo exame nacional de proficincia para interpretao de Libras, que atua em Instituies de Educao Superior. De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases para a Educao Nacional, Lei n 9.394 de 20 de dezembro de 1996, a educao especial caracteriza-se como uma modalidade de ensino disponvel desde a Educao Infantil at a Educao Superior. Constitui-se de recursos materiais e humanos utilizados para a garantia de condies de acesso de pessoas com deficincia escolarizao. No que tange educao do aluno surdo usurio de Lngua Brasileira de Sinais (Libras), a presena de profissionais proficientes em Lngua Brasileira de Sinais torna-se fundamental em sala de aula e demais espaos educacionais como parte do apoio especializado. Em decorrncia dessa realidade, visualiza-se a ascenso do Intrprete de Libras enquanto profissional cuja trajetria de formao recente, fator fortemente influente em suas condies de trabalho. O referencial terico que fundamenta este estudo o histrico crtico, no qual se compreende que a educao e a educao da pessoa surda um processo histrico e cultural, datado no tempo e lugar social (VIGOTSKI, 1997). De modo particular, a anlise referente trajetria de formao do Intrprete de Libras ocorre mediante a observao do posicionamento ocupado por esse sujeito na sociedade e s suas condies culturais e materiais de formao (BOURDIEU 1975). Como abordagem terico-metodolgica, utiliza a pesquisa qualitativa para investigao de um campo que envolve as cincias humanas e sociais (LOWY, 1985; GIL, 1999). A metodologia utilizada para construo dos dados um questionrio composto por quarenta e uma questes e um espao para comentrio disponvel em um site durante cinco meses, acessado por cento e trinta e um visitantes, dentre eles, os vinte e nove intrpretes participantes desta pesquisa. A anlise dos dados considera trs eixos temticos: trajetrias de formao, condies de trabalho e realidade socioeconmica. Os resultados revelam que a formao desses intrpretes ocorreu a partir de elementos apreendidos da interao com os valores da comunidade surda, apropriao do saber cientfico e relaes de trabalho.

Para aceder ao artigo completo, descarregue o pdf.

Coment�rios