porsinal  
Adolescência e surdez: Atitudes que facilitam e dificultam as relações sociais do surdo durante a adolescência
Publicado em 2015
Novas Edições Acadêmicas
  Paula Adriana Cunha Chagas
Investigação Ciências Sociais

Descrição

Este livro é resultado de uma pequisa que teve por objetivo investigar as atitudes que facilitaram e as que dificultaram as relações sociais dos Surdos durante a adolescência, procurando analisar o depoimento destes sujeitos. Olhando a surdez a partir da perspectiva da diferença, e adolescência no enfoque da psicologia, evidenciou-se que a participação da família contribuiu para o desenvolvimento destes indivíduos Surdos, mesmo não fazendo uso da língua de sinais para comunicarem – se e desconhecendo a importância da língua de sinais para o desenvolvimento do Surdo. A comunicação oral, no entanto, foi citada como uma das maiores dificuldades enfrentadas por estes sujeitos, tanto no ambiente familiar, como no escolar, bem como nos demais lugares que freqüentavam. Evidenciou-se também dificuldade para estabelecerem vínculos de amizade com adolescentes ouvintes. Apesar de conhecerem e na comunidade utilizarem a língua brasileira de sinais, como forma de comunicação, todos os sujeitos ressaltaram que eram oralizados, evidenciando a possibilidade do enriquecimento no uso de variados tipos de comunicação.

Da mesma categoria
  • Libras em Estudo: Ensino-Aprendizagem
    Neiva de Aquino Albres
  • Libras em Estudo: Política Educacional
    Neiva de Aquino Albres Sylvia Lia Grespan Neves
  • Estudos da Língua Brasileira de Sinais II
    Ronice Müller de Quadros Marianne Rossi Stumpf Tarcísio de Arantes Leite
  • Estudos Surdos IV
    Ronice Müller de Quadros Marianne Rossi Stumpf
  •