porsinal  
Ensino de Língua Portuguesa para Surdos: percepções de professores sobre adaptação curricular em escolas inclusivas
Publicado em 2013
Editora Appris
  Veridiane Pinto Ribeiro
Educação

Descrição

O objetivo deste livro é caracterizar a percepção dos professores sobre adaptação curricular, correlacionando seu conhecimento sobre o assunto à prática pedagógica. A hipótese que guiou este trabalho foi a de que as dificuldades para o ensino de língua portuguesa para surdos e a incerteza na definição do que seria adaptação curricular nessa disciplina caracterizam a percepção do professor das escolas inclusivas. Os procedimentos metodológicos incluíram coleta de dados por meio de observações de aulas, registros em vídeo e entrevistas semiestruturadas.

Os dados foram analisados à luz da literatura e revelam que a percepção dos professores sobre adaptação curricular em Língua Portuguesa para surdos é a de que se deve tolerar que sua produção textual não contemple aspectos significativos na estrutura dessa língua, como elementos conectivos e flexão verbal, por estarem baseadas na estrutura linguística de sua primeira língua, que é a língua de sinais. Os resultados desta pesquisa podem servir como subsídios para possíveis projetos na área de educação e para planejamentos de ensino que incluam adaptações curriculares e estratégias que privilegiem os saberes e as capacidades dos alunos surdos e contemplem abordagens mais democráticas e verdadeiramente inclusivas, pautadas no direito universal à educação e à cidadania e no respeito às diferenças.

Da mesma categoria
  • Que Palavra que te Falta?
    Regina Maria de Souza
  • Educação de Surdos
    Sueli Fernandes
  • Surdos & Inclusão Educacional
    Neiva de Aquino Albres
  •