porsinal  
Alone in the Mainstream: A Deaf Woman Remembers Public School
Publicado em 2004
Gallaudet University Press
  Gina A. Oliva
Educação Biografia

Descrição

Quando Gina Oliva foi para a escola pela primeira vez em 1955, ela não sabia que ela era "diferente." Se o educador de infância tocava uma melodia no piano para sinalizar o próximo exercício, Oliva não reagia, porque ela não podia ouvir a música. Então, começou a sua jornada como uma "solitária", o seu termo por ser a única criança surda em toda a escola. Gina sentia-se sozinha, porque não conseguia comunicar facilmente com os seus colegas de classe, mas também porque nenhum deles tinha uma perda auditiva como a dela. Foi até que, anos mais tarde, da Universidade Gallaudet ela descobriu que não estava sozinha e que sua experiência era comum entre os integrados alunos surdos. Alone in the Mainstream relata a história de Oliva, bem como as daqueles muitos outros solitários.

Da mesma categoria
  • Questões sobre Ensino e Aprendizagem
    Alexandre Castro Caldas Joana Castelo-Branco Maria do Céu Roldão
  • Ensaios sobre educação: Para pensar o surdo, a LIBRAS, a pedagogia e a fonoaudiologia
    Eduardo de Campos Garcia Maria Carolina Casati Digiampietri Gleidis Roberta Guerra
  • Letramento, bilinguismo e educação de surdos
    Ana Claudia Balieiro Lodi Ana Dorziat Barbosa de Mélo Eulalia Fernandes
  •