porsinal  
ArtigosCategoriasArtigos Científicos
Angela Russo
Angela Russo
Pedagoga Educao Infantil
Intrprete de Lngua Brsileira de Sinais: uma posio discursiva em construo
0
Publicado em 2010
Dissertao (Mestrado em Educao) Programa de Ps-Graduao em Educao, Faculdade de Educao, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre
Angela Russo
  Artigo dispon�vel em vers�o PDF para utilizadores registados
Resumo

A pesquisa que aqui se apresenta parte das reflexes de minha prtica como formadora do Intrprete de Lngua de Sinais (ILS), como ministrante do mdulo prtico dos cursos onde atuei. Desse modo, estabeleci o corpus para a anlise do discurso do ILS que efetivei, com base nas auto-avaliaes elaboradas pelos alunos de um curso realizado no Estado do Rio Grande do Sul, em 2004, bem como nas suas narrativas de experincias de interpretao, j como profissionais da rea. Com base no referencial terico-analtico da Anlise de Discurso liderada por Michel Pcheux, o objetivo foi identificar efeitos de sentidos discursivos produzidos pelos ILS durante os referidos percursos de formao e como profissionais atuantes, implicando os modos de constituio da posio discursiva do sujeito ILS nessa rea. Foram ressaltadas no estudo as noes de sujeito, discurso, lngua, interpretao e memria discursiva, buscando tambm situar a discusso numa articulao com a rea dos Estudos da Traduo e da Interpretao. A perspectiva histrica da rea foi apresentada, com o propsito de situar, nos contextos internacional e nacional, os sentidos vinculados consolidao da rea. Os resultados da anlise apontam para os seguintes efeitos de sentidos, nos quais se configura a posio do ILS analisada e a rea profissional na qual se inscreve: a importncia do desenvolvimento da proficincia nas lnguas envolvidas no processo de interpretao; a necessidade da apropriao de um saber fazer a interpretao; as especificidades tcnicas e prticas que os diversos campos de atuao do intrprete de lngua de sinais requerem; a importncia do sentir, como sentido singularizado de cada profissional na sua interpretao; o pertencimento comunidade surda; a exposio pblica do profissional no ato cnico de interpretar; constatao da diversidade de saberes. Destaca-se ainda, finalizando, a contribuio da pesquisa para reflexes que apontem caminhos para a concretizao de propostas curriculares de cursos de graduao de tradutorintrprete, com nfase na formao de ILS, em resposta crescente demanda atual da educao.

Para aceder ao artigo completo, descarregue o pdf.

Coment�rios