porsinal  
Educação de Surdos: pontos e contrapontos
Publicado em 2007
Summus Editorial
  Núria Silvestre
  Regina Maria de Souza
Educação

Descrição

A inclusão da LIBRAS como disciplina curricular obrigatória nos cursos de formação de professores e de Fonoaudiologia é algo recente no Brasil. Trata-se, afinal, de uma conquista dos movimentos sociais, com vistas à verdadeira inclusão, ou de um instrumento que nos conduziria à segregação dos surdos? E no que tange ao ensino bilíngue? Que condições seriam propícias para a aquisição equilibrada da língua oral e da língua de sinais? Seria conveniente adquirir uma delas antes da outra? Qualquer grau de surdez permitiria a aquisição da linguagem oral? Qual a posição do implante coclear em todo esse processo? Podem, a escola e a família, impor ao surdo uma dessas linguagens? Essas e outras questões fazem parte da teia dialógica construída por Regina de Souza e Núria Silvestre, ao longo deste livro. Entre pontos e contrapontos, as autoras trazem e debatem importantes e polémicas questões que perpassam a educação de surdos.

Da mesma categoria
  • Como brincam as crianças surdas
    Daniele Nunes Henrique Silva
  • Formação de Surdos: Ao Encontro da Legitimidade Perdida
    Orquídea Coelho Maria do Céu Gomes Eduardo Cabral
  • Educação a Distância para Surdos: Acessibilidade de Plataformas Virtuais de Aprendizagem
    Marcelo Lúcio Correia de Amorim Fernando da Fonseca de Souza Alex Sandro Gomes
  •