O JavaScript está desabilitado no seu browser !
Por favor habilite o JavaScript ou actualize-se com um browser capaz de o usar.
O Javascript precisa de estar activado para ver o site correctamente.
porsinal  
Notícias
Instituto Federal de Santa Catarina lança plataforma colaborativa para socialização de sinais em Libras
O grupo de pesquisa ‘Desenvolvimento de Objetos de Ensino e Aprendizagem Bilíngues’, do Campus Palhoça Bilíngue do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) no Brasil, lançou uma ferramenta web colaborativa para a construção de um glossário na Língua Brasileira de Sinais (Libras).
Reportagens
Quarta-feira, 15 de Março de 2017 às 18:47:05
por porsinal   
0 comentário(s)
Pais surdos comunicam com filhos por meio da música
Sentimentos e vibrações de ondas sonoras misturam-se numa forma de comunicação que une alunos surdos aos seus pais e filhos.
Entrevistas
Quinta-feira, 09 de Março de 2017 às 18:00:45
por porsinal   
0 comentário(s)
Viva a família surda!
A mãe da Fiorella é psicóloga e professora da Universidade Federal de Pelotas Francielle Cantarelli. Ela conta que, assim como a menina, ela e o marido Fabiano também nasceram surdos. Na época, entretanto, o conhecimento sobre o tema era restrito, e ambos tiveram contato com a língua gestual muito tarde: ela com 12 anos e ele com 7 anos de idade.
Especialistas

Filmes em Destaque
  • Palabras de Caramelo

    Juan Antonio Moreno Amador
  • Hush: A Morte Ouve

    Mike Flanagan
  • Dawn of the Deaf

    Rob Savage
  • Artigos de Opniião
  • por Amílcar José Morais
    Sexta-feira, 19 de Agosto de 2016
    “Cultura” – Comunidade Surda: Etnicidade ou Variável?
    Gostaria de refletir e abrir um espaço para discussão sobre o seguinte: O conceito de etnicidade integra-se na cultura da Comunidade Surda ou não?
  • Compre aqui na plataforma porsinal o novo livro de Isabel Correia !
    Próximo Congresso

    De 05/06/2017 a 09/06/2017
    XI Semana Acadêmica de Letras da UFSC

    A 11ª Semana Acadêmica de Letras da UFSC acontecerá entre 5 e 9 de junho de 2017, no campus Trindade, Florianópolis. Terá como tema O intelectual ausente: Umberto Eco, semiótica e literatura e pretende oferecer aos alunos do DLLV e DLLE diferentes atividades para complementação de seus currículos (palestras, mesas-redondas, minicursos, simpósios, comunicações, oficinas, pôsteres e atividades artísticas), além de possibilitar a integração entre as diferentes áreas de ensino, pesquisa e extensão.

    A escolha do tema pretende engendrar discussões a respeito da obra diversificada de Umberto Eco e seu impacto nos estudos da área de Letras e de áreas afins, justamente porque as pesquisas do pensador italiano, que morreu em 2016, desenvolveram-se a partir de diversos vértices, a saber: a semiologia e a estética, a história e a semiótica, a produção romanesca e a filosofia, a comunicação de massa, a cultura do consumo e os mais variados códigos de comunicação – verbais e não-verbais. Assim, o pensamento de Eco servirá de ponto de contato para as problematizações de vários campos da área de Letras – Literatura, Tradução ou Linguística. O evento, ademais, pretende aprofundar sua política de publicações de discentes (de graduação e de pós-graduação) e de docentes (de graduação e de pós-graduação).

    O evento é nacional e conta com recursos do PAEP | CAPES. O período de submissão de proposta de atividades (Banner, Comunicação Oral em Simpósio Temático, Minicurso e Oficina) iniciará em 20 de fevereiro e encerrará em 20 de março de 2017, de acordo com a Segunda Circular.